Paris tips - the beginning


Tenho andado a escolher entre 927 fotografias e achei que era melhor dividir o percurso em, pelo menos, 2 partes, caso contrário nunca mais é sábado :) vou desenhar um percurso sem grandes explicações pois estas estão indicadas nas fotografias em si.
Do aeroporto fomos até ao centro de comboio, saímos na Gare du Nord e fizémos o caminho a pé até ao Hotel. Sempre a caminhar passámos no Pompidou, um cheirinho a pastelaria francesa pelo caminho até Notre Dame. Fiquei impressionada com os vitrais, no meio do imenso calor e à falta de ar condicionado valeu a pena parar numa das centenas de esplanadas de Paris para beber água e quem sabe um crepe de chocolate (p'ró guloso, claro). Continuando a caminhada passámos por uma photo session mesmo à beira do Sena, vimos imensas lojas de animais até que demos por nós no Louvre, a ver a massa humana à volta da Gioconda. A famosa baguete para almoço no Jardim de Tuileries e uma voltinha na Grande Roda, para termos a 1ª vista panorâmica sobre o Jardim e sobre a cidade. Passando a Place de la Concorde é necessário subir os Champs Elyssés para chegar ao Arco do Triunfo.
Saídos em Montparnasse fomos caminhando, vimos mais pastelaria, descobri que a minha família podia ser italiana e chamar-se Amorino e quando nos apercebemos já estavamos nos Jardins do Luxemburgo, uma loja de bonecas, as janelas de um hotel, virar na Rue Bonaparte e vamos dar a Saint-Sulpice, à fonte de Visconti e aos bolos mais bonitos do mundo do Pierre Hermé. Com uns macarons no bucho chegámos a St-Germain-des-Prés, continuando até ao Hotel Les Invalides vamos tendo umas nesgas da Torre Eiffel, encontrei o Chien qui fume, que também existe no Porto. Tive pena de não encontrar o Lenôtre (outro grande pasteleiro de Paris) que fica perto da École Militaire e onde se vê a Torre na sua totalidade. Vale a pena ir ao Sommet, se não tem vertigens, e depois subir até ao Trocadero, para ver as crianças a nadar na fonte, os hip-hopers a dançar, os senegaleses a vender souvenirs...

2 comentários:

Margarida Bruno disse...

Que saudades!!!Estive nos mesmos lugares...ainda tenho as imagens na mente, os cheiros, os sons. Uma tarde a ler nos jardins do Luxemburgo...pena não terem ido à Normandia, sobretudo a Honfleur e, depois, descer a costa até Mont St´Michel. Façam-no um dia e vão ficar boquiabertos com tanta magia.

Lover disse...

Excelente post! viagem deliciosa :)

Beijinhos X4A's

Enviar um comentário