g'anda lata!!!


Quando há areia não há pés descalços que lhe resistam.


Com um olho negro feito na escola, e que ninguém me soube explicar muito bem como aconteceu "talvez a disputar por um brinquedo", duas mães olharam para nós:
- ahhh tadinha, já viste?! tem um olho negro!!!
- se calhar caiu?!
E na cabeça delas devia latejar "queres ver que batem à pobre criança!!!". Estou muito orgulhosa de mim, porque continuei impávida e serena como se a provocação não fosse para mim.


Esta manhã, os 4 no carro a chegar ao viaduto Duarte Pacheco:
Alice: mamã não quero mais pão.
Eu: mas tens de comer A., vai comendo devagarinho.
A.: fooooogo, o papá comeu 3 (mini palmiers), eu comi 2 e a mamã só comeu 1. G'ANDA LATA!!!!
Eu: Mas a mamã já não está a crescer. Quem é que está a crescer?
A.: Eu
Eu: Então tens de comer o pão
A.: Mas tu também estás a crescer... quando fazes anos cresces.
Eu: Pois, mas só cresco na idade, já não fico mais alta por isso.

3 comentários:

Guida disse...

Estão tão lindas! A do "fooogo" também se tem ouvido cá por casa...deve ser "genérico"!

ηatalie αfonseca disse...

Hehe!
Demais! Adoro as conversas da Alice!
Tão lindas que elas estão! Saudades ....

Gisela Falé disse...

As 3 A's tão lindas:)
tem pouca treta a aquarianazinha, ah pois tem :p

Beijinhos para os 4A's;)
Gi

Enviar um comentário