Quando se torna impossível

sustentar uma situação há que contorná-la. Esta mensagem passou o dia todo a viajar da minha cabeça ao meu coração, ao ritmo das suas batidas. Ainda não sei muito bem o que vou fazer, nem como o vou fazer, mas tenho de encontrar a solução para contornar.
A escola onde as As passam o dia preenche quase todos os nossos requisitos. Tem cantina, imensas sanitas, e um espaço gigantesco ao ar livre, com escorregas, baloiços e triciclos, casinhas e o que mais possam imaginar. As outras escolas que visitei, tinham salas minúsculas onde as crianças comiam, brincavam e dormiam, o espaço exterior era inexistente ou pouco utilizado e normamente tinham a uso wc's mínimos com 2 ou 3 sanitas. A escola delas apareceu quase como um milagre... mas passados dois anos e com o nascimento da Adriana o peso das mensalidades tornou-se muito elevado, fizemos um esforço financeiro durante este ano lectivo por gostar tanto da escola e das pessoas que lá trabalham e que cuidam das nossas filhas.
Hoje, quando as fui levar à escola foi-me entregue a tabela actualizada com o preço para o próximo ano lectivo. Ao primeiro olhar fiquei estarrecida e o meu cérebro percebeu rapidamente que não será possível que elas continuem lá no próximo ano... e passei o dia nisto... a enviar mensagens do cérebro ao coração... do cérebro ao coração... do cérebro ao coração... para que ele entenda esta mudança.

4 comentários:

alice disse...

Entendo-te, e aí tudo custa o dobro. :S

ηatalie αfonseca disse...

:S nem sei o que diga. É complicado. Mas há-de surgir uma boa solução. Vão ver! :)

Margarida Bruno disse...

Tenho pena que assim seja. Tal como diz a Natalie, vocês pagam o dobro em Lisboa. Tu pagas mais pelo infantário das 2 que eu pelo colégio XPTO onde andam os meus, no Porto.Incluindo os extras! Mas nada de desanimar, ok? Pode ser que encontrem uma solução!
Bjs

ηatalie αfonseca disse...

Acabei de ler no Diário de hoje que o homem mais rico de Portugal, o Amorim, foi "coroado" Doutor. Não é de família? ;) :P

Enviar um comentário